Centro Hospitalar de S. João, EPE

Área Médica do Estágio: Cuidados Paliativos .

Cidade do Hospital: Porto .
Diretor do Serviço: Dra. Edna Gonçalves .
Contacto do Diretor do Serviço: ednafgoncalves@gmail.com .
Nome do Coordenador do Estágio: Dra. Conceição Pires .
Contacto do Coordenador do Estágio: conceicao.pires@live.com.pt .
Descrição do Estágio:

– O meu estágio teve a duração de 3 meses.
– Em termos de rotina de estágio: todas as manhãs existe uma reunião de serviço para discutir os casos do dia anterior (consulta, domicílio e equipa de apoio intrahospitalar). As 2as cursam com apresentação de tema teórico e as 6as faz-se a reunião de Luto (nos quais se discutem os casos de Luto complicado ou não adaptativo)
– Horário: 9h às 17h, todos os dias. Uma vez por mês o interno é convidado a passar visita aos doentes mais graves das 9 às 13-14h, sempre acompanhado por um elemento da equipa.
– Trabalhos: apresentação obrigatória de um tema teórico, a combinar com o orientador de estágio (Dra. Edna Gonçalves, Dra. Conceição Pires, Dr. Carlos Moreira, Dr. José Eduardo Oliveira e Dra. Joana Rema)
– Serviço de Urgência: depende do hospital de origem. No caso do meu hospital (CHVNGE) tinha que vir fazer as minhas urgências. Mas é algo muito dinâmico e depende muito dos serviços e dos centros hospitalares.
– Acessibilidade: é fácil, uma vez que o metro passa mesmo à porta do Hospital de São João.

Duração Mínima do Estágio: 3 meses
Pré-Requisitos para optimização do Estágio: Curso Básico de Cuidados Paliativos
Procedimento para marcação do estágio:

– O mesmo que acontece em todos os estágios – contacto com a coordenação do internato médico do hospital de formação e contacto com a directora de serviço/coordenadora de estágio

Contacto para marcação de Estágio: conceicao.pires@live.com.pt
Comentários:

– Pontos fortes: avaliação dos doentes em diferentes contextos (domicílios, consulta externa e internamento), discussão de casos clínicos com basicamente todas as especialidades hospitalares, bom ambiente entre a equipa, aprendizagem fácil e dinâmica, relacionamento e discussão de casos em equipa (médicos, enfermeiros, psicológico, assistente espiritual, assistente social), realização de técnicas (paracenteses, toracocenteses,…), criação de planos avançados de cuidados.
– Pontos menos positivos: é um estágio intenso (pelo número de horas e pela intensidade emocional) e com uma dinâmica por vezes diferente do que estamos habituados numa enfermaria de Medicina habitual.

Imagem do local do estágio

Estágio inserido por :
Nome: Ricardo Fernandes
Email: ricardofernandes2001@hotmail.com

0 Comentários

Sem Comentários

Seja o primeiro a Comente este estágio